Viva a Vida em Liberdade  


Abracemos a Noite
 
Abracemos a noite
Que chega do abismo,
Instruída e calada.

 
Em seu peito de treva
Descansemos a alma
Tão desesperada

 
Contemplemos a noite
Vestida de sombra,
De tempo adornada.

 
Tão maternal e estranha,
Tão simples, tão deusa,
Fácil e inviolada,

 
Que a varanda remota
De um negro horizonte
Prolonga, admirada.

 
Abracemos a noite
Que tece e destece
A frágil escada.

Cecília Meireles


Escrito por Aline Arévalo [ envie esta mensagem ] [ ]





Sobre as memórias

"Alma" é o nome do lugar

onde se encontram esses pedaços
perdidos de nós mesmos.

São partes do nosso corpo, como
as pernas, os braços, o coração.

Circulam em nosso sangue,
estão misturadas

com os nossos músculos.

Quando elas aparecem

o corpo se comove, ri, chora...
Para que servem elas?

Para nada. Não são ferramentas.
Não podem ser usadas. São inúteis.

Elas aparecem por causa
da saudade.

A alma é movida à saudade.

A alma não tem o menor interesse no futuro.

A saudade é uma coisa que fica
andando pelo tempo passado

à procura de pedaços de nós
mesmos que se perdem"

Rubem Alves


Escrito por Aline Arévalo [ envie esta mensagem ] [ ]



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 




 
 




Fábrica de sonhos
Minha Lua
Sombras e sonhos
Meu refúgio secreto
MISTERIOSO AMOR...
No tempo da delicadeza
Leo do Paula
Pequenas Mensagens
Poesias Casa do Bruxo
Universo do Haicai
Informação sobre as drogas
Poesia Cultura
Rádio Kboing
Rádio Educativa
Rádio Ipanema
Rádio Uol
Sábia-Laranjeira
Rádios ao vivo
Olhares [Fotografia]
Anti-Drogas
Meus Favoritos
Concertos-Bel
A vida pode ser a qualquer momento
Dias assim
Dias Assim blog
Civilizações na Sombra
Estatua de la fuente
Anônimo Incógnito
Nada haver
Vida em Poesia
Tiro Curto
Indefinida
Cosmunicando
A menina e as montanhas
Menina Gauche
Ecos Diversos
Blog do Tas
Tom